tratamento endodôntico

O que é tratamento endodôntico

A saúde bucal deve ser prioridade para todos. Afinal, problemas dentários e bucais afetam todo o resto da nossa saúde, já que a boca pode ser uma porta de entrada para bactérias e infecções. Além disso, se a pessoa não tiver os cuidados essenciais com sua boca, podem aparecer inúmeros problemas, que atrapalham a sua vida, interferindo em sua rotina e não deixando que a boca realize todas as suas funções. Há muitos tratamentos odontológicos que podem resolver esses problemas, sendo um deles o tratamento endodôntico.

O tratamento endodôntico nada mais é que o tão famosos tratamento de canal. O tratamento de canal deve ser feito quando há casos em que o dente estiver quebrado ou tiver sofrido uma fratura ou uma lesão, o que deixaria a polpa exposta. Também é feito o tratamento endodôntico em casos de dentes infectados ou danificados e também em casos de cárie profunda.

Sintomas que indicam a necessidade de tratamento endodôntico

É claro que é o dentista que irá diagnosticar o paciente e avaliar se é necessário o tratamento endodôntico ou não. No entanto, a pessoa pode identificar se ela necessita ir fazer essa consulta em busca do tratamento endodôntico observando alguns sintomas básicos. Entre eles estão:

  • Alteração na cor dos dentes;

  • Rachadura ou fratura nos dentes;

  • Dor ou incômodo ao mastigar;

  • Sensibilidade a alimentos muito quentes ou muito gelados.

A partir da observação desses sintomas, o paciente pode começar a desconfiar de que será necessário realizar algum tipo de procedimento com um dentista. Assim, ele deve procurar um profissional da odontologia que seja realmente qualificado e de sua confiança para se consultar e, se necessário, realizar o tratamento endodôntico.

Cuidados para evitar a necessidade do tratamento endodôntico

O tratamento endodôntico, ou tratamento de canal, é feito quando há o dano ou a morte da polpa do dente. No entanto, há cuidados bem simples que podem ser tomados por todo mundo para que a situação não chegue nesse ponto. Entre esses cuidados, estão, é claro, a higienização bucal.

A escovação feita com cuidado e eficiência, pelo menos três vezes por dia, deve ser regra. Além disso, o uso do fio dental também não deve ser esquecido. As visitas frequentes ao dentista são essenciais. Assim, há um acompanhamento da situação odontológica do paciente e o dentista pode identificar problemas bem cedo e já tratá-los antes que haja complicações.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende tratamento endodôntico:



Informações