implante odontológico

Implante odontológico: como ele melhora o sorriso

Ter a confiança de sorrir livremente é um sonho a ser conquistado por muitas pessoas que perderam os dentes por se acidentarem ou pela perda devido a doenças da boca. Para que essa confiança seja recuperada, o implante odontológico é uma técnica que supera as próteses removíveis e fixas convencionais para a reconstrução da estética do sorriso, da estabilidade dos novos dentes para mastigação e da reconquista da fala correta.

Quais são os modelos de implante odontológico

O método de implantação das raízes dos dentes perdidos é realizado de forma parcial ou total. A decisão por qual a melhor abordagem vai ser feita por um profissional da área em relação a quantidade dos dentes remanescentes na boca. Antes, ele também irá avaliar a estrutura óssea do paciente. O motivo? A própria colocação dos pinos, que precisam de uma boa sustentação para serem introduzidos. Se não houver viabilidade, é recomendado que se faça um enxerto ósseo.

No entanto, com todos os requisitos preenchidos. o implante pode ser feito em três técnicas. A primeira delas, a de ósseo integrado, é realizada para dentes unitários. Os pinos individuais são colocados no maxilar e, depois de quatro a seis meses, uma nova operação é feita para a conexão dos dentes definitivos.

O implante odontológico do tipo prótese protocolo é é usado para a recuperação total dos dentes de uma arcada. São quatro a oito pinos de titânio instalados. Por ser um tipo fixo, não é possível que a prótese protocolo seja retirada para a limpeza, no entanto, ela garante estabilidade e beleza.

Por último, o implante odontológico com a técnica overdenture é um modelo que simula a dentadura. Mas ao contrário das dentaduras convencionais, ela está fixada por uma base metálica em dois a seis pinos, garantindo estabilidade e conforto ao modelo.

Cuidados a serem tomados

Se o cirurgião-dentista optar pela realização de implante odontológico com a cirurgia convencional ao invés da sem cortes, é preciso que o paciente tome alguns cuidados durante o pós-operatório.

  • Dieta: o consumo de alimentos duros devem ser evitados;
  • Tabagismo: fumar pode enfraquecer o maxilar e prejudicar a cicatrização;
  • Limpeza: o local das suturas deve ser limpo com cautela;
  • Precaução: os medicamentos prescritos devem ser tomados.

Além dos cuidados a serem tomados, é preciso que o paciente visite regularmente o dentista para fazer as trocas das próteses provisórias e para a avaliação do processo de cicatrização.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende implante odontológico:



Informações