prótese parcial removível

Prótese parcial removível

A perda dentária gera grande incômodo porque quebra a harmonização do sorriso e prejudica a saúde do paciente. Ter dentes faltando pode prejudicar o processo de mastigação e fazer com que a fala não seja realizada de forma clara e compreensível. Além disso, deixar o buraco vazio na cavidade oral pode causar a retração do osso, o que é irreversível (pelo menos de forma natural) e pode acontecer de os dentes vizinho se moverem numa tentativa de suprir o espaço deixado. Dessa forma os dentes ficarão tortos e os prejuízos são ainda maiores. A solução mais efetiva para evitar esses problemas é a prótese parcial removível.

Quando esse modelo de prótese é indicado?

O objetivo principal da prótese parcial removível é recuperar a função forma e aparência dos dentes naturais, ou seja, substituí lo da forma mais fiel em todos os aspectos. Esse tipo de prótese é indicado quando há a perda de mais de um dente ou quando a prótese fixa não é uma opção viável para o paciente, mas isso tudo pode variar de paciente para paciente portanto um dentista deve ser consultado.

Procedimento e cuidados

O primeiro passo é realizar o processo de confecção, parte de extrema importância onde o suporte dentário será produzido. Será feita a moldagem completa da arcada dentária, só depois disso poderá ser criada a estrutura e deve ser provada pelo paciente para que os ajustes necessários sejam feitos. Para maior durabilidade da prótese parcial removível é necessário que alguns cuidados sejam tomados, são eles:

  • Realizar consultas e manutenções da prótese parcial removível;
  • Manter uma boa higiene oral;
  • Remover a estrutura após as refeições para a escovação.

A prótese parcial removível tem um prazo de validade porque, devido a falta de dentes na arcada dentária, ocorrerá a perda óssea gradual ao longo dos anos. E uma prótese mal planejada e adaptada pode causar sérios prejuízos a funções como a mastigação e a fala, o que pode causar uma futura perda dentária.

Vale ressaltar que no início é provável que o paciente sinta certos desconfortos e estranhe a presença da prótese parcial removível, o que é perfeitamente normal. Lembre-se de que um corpo estranho foi colocado, portanto pode levar algum tempo até que o organismo se acostume com ele. Mas, de qualquer forma esse acompanhamento deve ser comandado pelo dentista, ele poderá explicar melhor sobre a questão de adaptação da prótese parcial removível.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende prótese parcial removível:



Informações