cirurgia dentaria gengiva

Cirurgia dentaria gengiva

O sorriso é muito importante para grande parte da população, pois ele é tratado como um cartão de visitas. Sabendo disso, um dentista deve ser consultado regularmente para tratar problemas e manter o zelo da saúde bucal.

Quando não tratada, a boca pode levar muitas bactérias para o organismo de um indivíduo, resultando em sérios problemas que podem ser difíceis de serem cuidados posteriormente, partindo dos dentes e gengiva, que são as primeiras estruturas a serem afetadas.

Para o caso de a gengiva sofrer algum dano pelo mau cuidado da boca, o dentista irá recomendar o periodontista, que é especializado em doença periodontal. Em casos mais graves, o paciente precisa se submeter a uma cirurgia dentaria gengiva.

O que são doenças periodontais?

As doenças periodontais são a causa para uma pessoa se submeter a uma cirurgia dentaria gengiva. Elas atingem a gengiva e o osso do dente, causando sérios problemas para a saúde bucal.

As três principais doenças periodontais são:

  • Gengivite;
  • Periodontite;
  • Periodontite avançada.

É preciso reparar nas alterações ocorridas na gengiva para desconfiar de uma doença periodontal. Por isso, as pessoas precisam ficar atentas a muitos sinais, como gengiva inchada e que sangra facilmente durante a escovação; mau hálito; gosto ruim na boca; dente amolecido, entre outros.

Em caso de ser constatada uma doença periodontal, o dentista ou o periodontista podem sugerir uma cirurgia dentaria gengiva.

Quais os principais tipos de cirurgia dentaria gengiva?

Existem diversos fatores que causam uma doença periodontal que precisam de uma cirurgia dentaria gengiva para ser sanada, como a placa bacteriana, que, caso não cuidada, pode se transformar em tártaro.

A partir desse momento, se o indivíduo não procurar um dentista o mais rápido possível, ele pode ser submetido a alguma cirurgia dentaria gengiva, como:

  • Gengivectomia: esse tipo de cirurgia dentaria gengiva tem como objetivo tirar o excesso de tecido gengival para melhorar a limpeza dos dentes;
  • Gengivoplastia: já esse tipo de cirurgia dentaria gengiva ajuda melhorar o tecido gengival que rodeia os dentes;
  • Retalho gengival: nesse procedimento é feito um corte no tecido gengival para separar da estrutura dentária, removendo o tártaro por meio de uma limpeza.

As pessoas podem evitar uma cirurgia dentaria gengiva com hábitos muito simples do dia a dia, como: escovar os dentes regularmente, passar fio dental todos os dias, fazer bochechos com enxaguante bucal e consultar o dentista regularmente.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia dentaria gengiva:



Informações