tratamento de canal dentário

Tratamento de canal dentário traz bem estar ao paciente

Qualquer dor relacionada ao dente é motivo de grande desconforto e mal estar para o paciente. No entanto, muitas pessoas deixam para procurar um dentista apenas em situações de emergência. Esse é um caso bastante comum de quem precisa se submeter a um tratamento de canal dentário. A procura por esse procedimento está entre os mais procurados por pacientes em emergências odontológicas.

O tratamento de canal dentário, basicamente, é o tratamento no qual o endodontista (especialista na parte interna do dente) abre o dente, retira a polpa danificada, faz a limpeza e desinfeccão do local, e finaliza com o preenchimento da área e selagem do dente. Esse é um procedimento invasivo que, dependendo da complexidade, pode durar de uma até três consultas.

Quando o tratamento de canal dentário se faz necessário

O tratamento de canal dentário é realizado exclusivamente para tratar a polpa do dente, ou seja, a parte interna do dente. O canal é feito quando o dente está fortemente prejudicado com a condição da polpa, se fazendo necessário a remoção da mesma. Por isso, a pessoa que está em dúvida se deve ou não fazer um tratamento de canal dentário deve se atentar à alguns sintomas:

  • Dor frequente dos dentes;
  • Sensibilidade extrema a alimentos frios e quentes;
  • Incômodo ao mastigar;
  • Sangramento da gengiva;
  • Mudança de coloração nos dentes.

É sempre importante lembrar que quem indica, ou não, se o tratamento de canal dentário será feito, é o dentista. Mesmo em caso de emergência, após uma avaliação com o profissional da odontologia, apenas ele pode encaminhar o paciente para um endodontista para a realização do procedimento de canal.

Cuidados com o tratamento de canal dentário

O paciente que se submeter a um tratamento de canal dentário deve estar ciente que esse é um procedimento invasivo, delicado e complexo. Em alguns casos a aplicação de anestesia local se faz necessária, e dependendo da gravidade e profundidade da obstrução da polpa do dente, pode ser que o processo todo dure mais do que uma ou duas consultas.

Por todas essas questões, os pacientes precisam se certificar que o dentista é especializado em endodontia e que o mesmo possui registro no Conselho Regional de Odontologia (CRO). E pesquisar, também, se a clínica ou consultório é um lugar bem recomendado e avaliado.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende tratamento de canal dentário:



Informações