cirurgia de retirada do siso

Cirurgia de retirada do siso

A cirurgia de retirada do siso é um dos procedimentos mais procurados dentro da odontologia. Os conhecidos dentes do juízo são os terceiros molares e estão localizados no final da arcada dentária.

O dente do siso, além de ser o último dente da arcada dentária, é também o último a nascer. Normalmente, eles surgem quando o indivíduo está entre 16 a 24 anos de idade. Muitas vezes, uma cirurgia de retirada do siso é recomendada para que o mesmo não prejudique os outros dentes.

Os casos em que se é recomendado a extração do dente do siso são os mais variados e apenas um dentista poderá fazer o procedimento para a sua retirada.

Quando é preciso fazer a cirurgia de retirada do siso?

Os terceiros molares estão localizados no fundo da parte superior e inferior da arcada dentária. A depender do indivíduo, é provável que o dente do siso não surja, ficando embaixo do tecido gengival, sendo denominados como dentes inclusos.

A partir do momento em que um indivíduo começa a sentir dores e inchaço no fundo da arcada dentária, um dentista deve ser procurado para identificar o problema que, muitas vezes, pode ser o dente do siso.

Porém, não é apenas a dor e o inchaço que servem como parâmetro para a cirurgia de retirada do siso. Outros pontos também são levados em conta, como:

  • Inflamação que reveste o dente;
  • Pressão no dente da frente;
  • Quando o dente ainda não nasceu, ou seja, está incluso.

Somente um dentista poderá classificar os sintomas para que uma cirurgia de retirada do siso seja feita.

Por que fazer uma cirurgia de retirada do siso?

A cirurgia de retirada do siso evita uma série de problemas para o paciente, como:

  • Desalinhamento dos dentes: os dentes do siso forçam e fazem pressão em outros dentes da arcada dentária devido a falta de espaço para ser alojado;
  • Gengivite e cáries: o risco de infecções e doenças também é maior quando uma cirurgia de retirada do siso não é feita, já que o mal posicionamento pode causar acúmulo de placa bacteriana e uma higiene bucal incompleta;
  • Inflamação: a região onde o dente do siso está localizado pode sofrer com fortes inflamações, já que bactérias se proliferam no dente, podendo chegar até a polpa dentária, que é considerada a vida útil da estrutura.

A dor irradiada pelo dente do siso pode ir e vir e, por isso, muitas pessoas acabam deixando para depois a cirurgia de retirada do siso. Portanto, se o seu dentista recomendar esse procedimento, faça o quanto antes.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende cirurgia de retirada do siso:



Informações