aparelho ortodôntico

Aparelho ortodôntico

Ortodontia é o ramo da Odontologia que trata da posição correta dos dentes e de como chegar até ela. Um ortodontista realiza exames, laboratoriais e radiológicos, percebe o lugar atual dos dentes, estipula o posicionamento correto para se alcançar determinado resultado (em funções, como mastigar, respirar, falar, e assim por diante), e indica ao dentista o que fazer para isso (ou define isso em conjunto com ele). O ortodontista é um profissional especializado, e o trabalho do dentista deve muito a ele. O ortodontista trabalha sozinho ou em equipe, mas seu trabalho serve sempre como base para operações posteriores, mesmo cirúrgicas.

O aparelho ortodôntico é como chamamos todo aparelho que serve para reposicionar os dentes. Esse aparelho pode ser externo ou interno, e de certa forma um aparelho para reconduzir o maxilar inferior (a mandíbula) também é um aparelho ortodôntico. Mas os aparelhos ortodônticos principais são mesmo os aparelhos dentários comuns.

Eles aparecem sob diversos tipos, passando pelos fixos, móveis, transparentes, invisíveis, autoligados, linguais, e assim por diante. Um aparelho ortodôntico pode ser discreto ou bastante aparente, mas sua função é a de corrigir os dentes. Ou seja, um aparelho bom é necessariamente esse que cumpre sua função. O resto é vantagem.

É simples a contratação de um aparelho ortodôntico?

Os aparelhos aparecem na sociedade como formas de melhorar as funções e a aparência das pessoas. Uma contratação de aparelho acontece quando isso se torna necessário. Mas, com o passar do tempo, as demandas por sorrisos cada vez mais bonitos aumentaram, e hoje existem aparelhos para detalhes, que antes não eram tão valorizados. Um aparelho invisível, por exemplo, corrige aspectos bem pequenos e oferece vantagens aparentes que antes não seriam sequer imaginadas.

  • Um aparelho ortodôntico básico é relativamente barato e corrige quase todo evento inadequado nos dentes;
  • Um aparelho ortodôntico, ao ser contratado, pode exigir operações cirúrgicas;
  • Um aparelho ortodôntico móvel pode não exigir tanto trabalho quanto um fixo;
  • Os aparelhos mais recentes incomodam muito pouco, e apresentam resultado em pouco tempo.

O aparelho ortodôntico ideal só surge após exames?

O dentista não tem uma bola de cristal para saber exatamente qual é o seu caso. Não se consegue saber se o seu dente fora do lugar deve ser mexido ou retirado antes de verificar a estrutura óssea e o posicionamento ideal para os dentes. Ou seja, o aparelho só pode ser cogitado depois de verificar o real estado das arcadas, por meio de exames.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende aparelho ortodôntico:



Informações